2019/02/13/593

Data:
13/02/2019
Secretaria:
CÂMARA MUNICIPAL - GABINETE DO
Orgão:
SECRETARIA DE REGISTRO PARLAMENTAR E REVISÃO – SGP-4
Tipo de Conteúdo:
CÂMARA MUNICIPAL
Texto:
SECRETARIA GERAL PARLAMENTAR
SECRETARIA DE REGISTRO PARLAMENTAR E REVISÃO - SGP-4

221ª SESSÃO SOLENE

26/11/2018


O SR. PRESIDENTE (Senival Moura - PT) - Está aberta a sessão. Sob a proteção de Deus, iniciamos os nossos trabalhos.
A presente sessão solene destina-se à entrega do 21º Troféu São Paulo Capital Mundial da Gastronomia, instituído pelos Decretos Legislativos 81/1997 e 16/2002, por iniciativa da Comissão de Trânsito, Transportes, Atividade Econômica, Turismo, Lazer e Gastronomia da Câmara Municipal de São Paulo, que tem como objetivo de premiar os melhores trabalhos jornalísticos sobre a gastronomia paulistana, veículos na mídia especializada além de trabalhos acadêmicos sobre o tema.
Passo a palavra ao Mestre de Cerimônias, Sr. Paulo Idelfonso Herculano Helene de Paula, para a condução dos trabalhos.

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Senhoras, senhores, autoridades, sejam bem-vindos à Câmara Municipal de São Paulo.
Daremos continuidade à sessão solene de entrega do 21º Troféu São Paulo Capital Mundial da Gastronomia, instituído pelos Decretos Legislativos 81/1997 e 16/2002, por iniciativa da Comissão de Trânsito, Transportes, Atividade Econômica, Turismo, Lazer e Gastronomia da Câmara Municipal de São Paulo.
Informamos que esta sessão será gravada pela TV Câmara São Paulo e sua exibição no canal a cabo 7, pela NET, e no canal aberto digital 61.4.
Para compor a Mesa, convidamos os Srs. Vereador Senival Moura, Presidente da Comissão de Trânsito, Transporte, Atividade Econômica, Turismo, Lazer e Gastronomia da Câmara Municipal de São Paulo; Aline Cardoso, Secretária Municipal de Desenvolvimento Econômico; e os Srs. Júlio Fagotti, Secretário Municipal Adjunto de Turismo; André Sanches, Presidente da SPTuris - São Paulo Turismo; Miriam Edelira da Costa e Silva Baptista Petrone, Presidente da Abrajet - Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo de São Paulo; Ana Flávia Marx, Diretora do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo; Virgílio Nelson da Silva Carvalho, representando neste ato o Presidente da Abresi - Associação Brasileira de Gastronomia, Hospedagem e Turismo, Dr. Nelson de Abreu Pinto; Wagner Farias, Vice-Presidente da Arjob - Associação dos Jornais e Revistas de Bairro de São Paulo, representando neste ato o Presidente Sr. Eugênio Cantero; Celso dos Santos Silva, Diretor Técnico do Sindresbar - Sindicato dos Restaurantes, Bares e Similares de São Paulo, representando neste ato o Presidente Sr. Wilson Luiz Pinto. (Palmas)
Neste momento convidamos todos para, de pé, cantarmos o Hino Nacional Brasileiro, executado pelo coral da Guarda Civil Metropolitana, sob a regência do Maestro Subinspetor Davi Bastos e Rosângela Franco.

- Execução do ((GRIFO))Hino Nacional Brasileiro.

MESTRE DE CERIMÔNIAS - A Câmara Municipal de São Paulo agradece ao Coral da Guarda Civil Metropolitana e ao Regente Subinspetor Davi Bastos e Rosângela Franco.
Registramos e agradecemos a presença das seguintes personalidades que se apresentaram a este cerimonial: Srs. Deputado Federal Antonio Goulart, autor do projeto de Decreto Legislativo de criação do Troféu São Paulo Capital Mundial da Gastronomia; JB Oliveira, Vice-Presidente da Imprensa Oficial do Estado; Luiz Maggio, Conselheiro do Conselho Estadual de Turismo de São Paulo; João Ferraro, Presidente da Abrafood e Secretário do Sagasp; Leandro Benetti, Assessor, neste ato representando o nobre Vereador Reginaldo Tripoli; Eduardo Luís Daher, Presidente da Confraria da Gastronomia Árabe; Antônio Xavier Siqueira, Presidente da Academia Brasileira de Compradores para Hospitalidade e Restaurantes; e Jornalista Evany Sessa, Diretora do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo.
Acusamos o recebimento de diversas mensagens cumprimentando-nos pelo evento, dentre as quais as dos Srs. Bruno Covas, Prefeito de São Paulo; Deputado Estadual Cauê Macris, Presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo; Vereador Milton Leite, Presidente da Câmara Municipal de São Paulo; Desembargador Carlos Eduardo Cauduro Padin, Presidente do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo; Desembargadora Rilma Aparecida Hemérito, Presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região; Dr. Paulo Prazak, Presidente do Tribunal de Justiça Militar do Estado de São Paulo; Conselheiro João Antonio, Presidente do Tribunal de Contas do Município de São Paulo; Cel. PM Helena dos Santos Reis, Secretária-Chefe da Casa Militar e Coordenadora Estadual de Defesa Civil; Lourival Gomes, Secretário de Estado da Administração Penitenciária; Luiz Cláudio Rodrigues de Carvalho, Secretário de Estado da Fazenda; Clodoaldo Pelissioni, Secretário de Estado dos Transportes Metropolitanos; Francisco Sérgio Ferreira Jardim, Secretário de Estado de Agricultura e Abastecimento de São Paulo; Linamara Rizzo Battistella, Secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo; Edmur Mesquita, Subsecretário de Desenvolvimento Metropolitano; Gianpaolo Poggio Smanio, Procurador-Geral de Justiça; José Roberto Rodrigues de Oliveira, Secretário Municipal de Segurança Urbana; Alexandre Schneider, Secretário Municipal de Educação; Daniel Annenberg, Secretário Municipal de Inovação e Tecnologia; Eduardo de Castro, Secretário Municipal do Verde e do Meio Ambiente; Marcos Penido, Secretário Municipal das Subprefeituras; Dr. Guilherme Bueno de Camargo, Procurador Geral do Município e dos Srs. Vereadores Adilson Amadeu, Alessandro Guedes, Adriana Amalho, Atílio Francisco, Aurélio Nomura, Caio Miranda Carneiro, Camilo Cristófaro, Claudinho de Souza, Claudio Fonseca, Dalton Silvano, David Soares, Edir Sales, Eliseu Gabriel, Gilson Barreto, Jair Tatto, Janaína Lima, José Police Neto, Dr. Milton Ferreira, Patrícia Bezerra, Paulo Frange, Ricardo Nunes, Rinaldi Digilio, Sandra Tadeu, Souza Santos e Toninho Paiva e do Prof. Vahan Agopyan, Reitor da Universidade de São Paulo.
São Paulo conquistou o título de Capital Mundial da Gastronomia após pesquisa referendada pelos Consulados dos países cujas Capitais já o detinham.
A partir do referendo do Título, a Câmara Municipal de São Paulo criou através do Decreto Legislativo 81/1997, o Troféu São Paulo Capital Mundial da Gastronomia.
Com o objetivo de divulgar a gastronomia paulistana, este prêmio é concedido anualmente, através de concurso, pelo Poder Legislativo Paulistano, aos autores das melhores reportagens, da melhor foto, do melhor trabalho estudantil sobre gastronomia no Município de São Paulo, além do melhor guia, do melhor programa de TV e da melhor revista de gastronomia; através das diversas mídias disponíveis na Cidade.
Convidamos para o seu pronunciamento, em nome da Comissão Julgadora, o Sr. Virgílio Nelson da Silva Carvalho, representante do Presidente da Abresi.

O SR. VIRGÍLIO NELSON DA SILVA CARVALHO - Boa noite a todos, a todas e à Mesa já nominada. Mas quero lembrar, principalmente, o nobre Vereador Antonio Goulart, hoje Deputado, que confiou nos restaurantes, na qualidade da gastronomia de São Paulo há 21 anos, e a iniciativa do Presidente dos Sindicatos de Hotéis, Restaurantes e Bares e Similares à época, Sr. Nelson de Abreu Pinto. Conseguimos juntos fazer a fundamentação e o conteúdo necessários para mostrar aquilo que já éramos. Nós que vivemos e comemos fora de casa, por obrigação ou por prazer. Cada vez mais essa atividade “comer fora de casa” passou a ser uma atividade cultural. Nós crescemos nessa área. Cada um dos senhores, que hoje serão premiados, mostra nas suas fotos, nos seus textos aquilo que São Paulo já é. Nós éramos pouco mais de 44 nações representadas. Hoje já somos 52 aqui na cidade de São Paulo.
Temos a gastronomia do Brasil todo, esse continente do turismo americano. E vocês jovens, alguns com mais experiência, ou melhor, com algumas juventudes acumuladas fizeram com que essa atividade não reconhecida fosse, realmente, uma atividade importante no desenvolvimento econômico e social da Cidade, gerando emprego e renda que tanto esta cidade e o Brasil precisam.
Nós, com certeza, não vamos ter a mecanização que aconteceu na agricultura e a robotização que aconteceu na indústria. Cada vez mais o sabor que cada um de nós consegue dar e dar continuidade com qualidade à alimentação será aquilo que cada um tem como compromisso. E nós, essa mesa de representantes públicos e privados, estaremos todo ano procurando homenageá-los, fazendo o devido reconhecimento daquilo que faz de São Paulo a Capital Mundial da Gastronomia, sem nenhum medo de falar.
Nós, que há 21 anos, fomos até perseguidos porque a culinária francesa e a culinária italiana, que a gente não discute - eles individualmente -, ficavam um pouco chateados. Mas hoje não, todos nós juntos, mais de 52 nações, mais do que a comida das cinco regiões brasileiras e dos 27 Estados, representamos a qualidade e o desempenho do paulista, do paulistano, mas, principalmente, dos imigrantes que vieram do Norte e Nordeste para servir o melhor ((GRIFO))sushi que, muitas vezes, pode competir com o próprio País de origem, como os italianos, ou como a comida portuguesa ou francesa. É isso que somos capazes. Capazes de mudar e consolidar a importância da gastronomia em São Paulo.
Hoje temos restaurantes de dez até quatro mil cadeiras. É isso que nós, cada um de nós é capaz de fazer. Parabéns a todos! E a Comissão Julgadora, enumerada na quarta ou quinta página, se sentiu muito orgulhosa de poder escolher dentre os 124 trabalhos, aqueles que se destacaram. A nossa intenção, e falo por toda comissão neste momento, era poder premiar todos e dizer: continue a fazer, no mínimo isso, mas cada dia, toda segunda-feira, melhor ainda do que a semana passada.
Parabéns a vocês! Parabéns àqueles que apoiam a iniciativa da gastronomia paulista e brasileira. Obrigado! (Palmas)

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Convidamos para a sua saudação, também em nome da Comissão Julgadora, o Sr. Celso dos Santos Silva, representante do Sindresbar.

O SR. CELSO DOS SANTOS SILVA - Boa noite a todos. Esta é uma grande festa nesta Casa Pública de São Paulo, que prestigia a nossa São Paulo.
São Paulo, quando recebemos por meio do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares da cidade e da grande São Paulo chefs dos mais diversos países, o primeiro roteiro que fazemos é, justamente, levá-los aos nossos restaurantes, os mais diversos. Se vem um francês, obviamente, não o levo no primeiro dia ao restaurante francês para ele não se sentir frustrado. Se vem um italiano, muito menos o levo à uma cantina, porque por melhor que seja a qualidade das nossas cantinas, obviamente a cozinha para ser autêntica, 100%, é muito difícil, a começar pelos insumos. Na verdade temos em São Paulo uma nova cozinha italiana, uma nova cozinha francesa e que, como o professor Virgílio mencionou, há um tempo parecia estranho para os chefs estrangeiros aqui radicados e também aos chefs que visitavam a nossa cidade.
Em 2004 tivemos uma presença ilustre aqui em São Paulo, muito pouco divulgada em termos de mídia, até pela forma de como ele se pronuncia em termos de mundo. Tivemos aqui pela primeira e até então última vez, o Presidente da Academia Culinária Francesa, Monsieur Gérard Dupont. Tivemos a honra de recebê-lo, de levá-lo a alguns lugares ícones de São Paulo; desde o Mercado Municipal, obviamente, até o Bar e Restaurante Brahma, até um bar, boteco e botequim bem típico, bem lanchonete, para comer um virado à paulista, em plena segunda-feira. E, depois disso, realmente ele mencionou: eu não imaginava que São Paulo era isso e agora entendo porque na França fala-se que São Paulo é uma das Capitais do Mundiais da Gastronomia. Nos tempos modernos a gente fala que isso reflete o quanto São Paulo é diversa.
A nova palavra para estudantes de turismo, hotelaria, e para todos aqueles que convergem com os trabalhos de pesquisa textuais ou através de outras mídias, a palavra de ordem para a gente se manter neste mundo, que a cada dia muda e se altera, é diversidade. E São Paulo é uma cidade onde se encontra diversidade de etnias, de raças, de culturas, enfim, esta é a nossa fantástica Cidade.
O que nos impressiona é que muitas vezes, como estamos na Cidade, a gente sem querer acaba não dando o verdadeiro valor que a ela tem, em termos gastronômicos. Ontem mesmo recebendo um chef de fora - nós estávamos no Arouche, em frente ao Sindicato Patronal de Hotéis e Restaurantes - ele olhou e disse: “Nossa! Gato que Ri, desde 1951? La Casserole, há mais de 60 anos em São Paulo?” Esses são restaurantes que trouxeram a cultura de outros tantos países e a gastronomia paulistana, de fato, não existe porque ela é uma mescla fantástica desses mais de 50 países hoje.
Nós temos o segundo Japão, dentro de São Paulo. Nós temos a terceira Itália, dentro de São Paulo. A primeira Síria, o primeiro Líbano e assim por diante. Os imigrantes fizeram uma diferença enorme, começaram com estabelecimentos pequenos, via de regra o ponto de alimentos e bebidas na frente, a casa atrás, logo já ficam envolvidos 24 horas. E São Paulo hoje é uma das poucas cidades com uma associação 24 horas de restaurantes. Você sai para jantar a que horas? Isso é uma pergunta. A que horas você sai para jantar em São Paulo? Pode-se sair às 17h, às 20h, às 24h, tem gente que vai jantar às 4h30 da manhã.
É isso: São Paulo é extremamente democrática, extremamente diversa.
Parabéns à Câmara dos Vereadores! Parabéns ao nosso Presidente de Mesa, Vereador Senival Moura, que representa os digníssimos Vereadores da nossa querida São Paulo. Parabéns a essa senhora que conheci recentemente pelo seu dinamismo, pela forma de como vê São Paulo enquanto desenvolvimento, negócios e trabalho, Secretária Aline Cardoso; e ao Secretário Adjunto de Turismo, Sr. Júnior Fagotti.
Turismo em São Paulo está com uma etapa diferente. Passamos a ter outro atrativo: o turismo gastronômico. Em São Paulo, hoje, 40% dos hotéis já recebem turistas do interior de São Paulo ou de outros Estados para, a partir de sexta-feira, às 12 horas, curtir a nossa gastronomia e a nossa vida noturna. Logo, nós nos reinventamos; enquanto a hotelaria de São Paulo, há poucos anos, era de segunda a sexta: começava no domingo ou logo na segunda, após o meio-dia, e terminava na sexta-feira, aí os hotéis tinham uma baixa ocupação violenta, hoje São Paulo tem um diferencial, entre outros tantos, que é o seu turismo gastronômico. Vem gente de outras cidades, de outros Estados para conhecer São Paulo, a Capital Mundial das Churrascarias; São Paulo, a Capital Mundial das Pizzarias. Nós comemos mais pizza em um dia do que os italianos em dois meses.
Muito obrigado. Parabéns aos competidores. Parabéns à Comissão. O nosso trabalho é árduo, mas muito prazeroso. Parabéns a todas as autoridades aqui presentes, que confiam nesta cidade, que realmente, conforme o ((GRIFO))slogan, é uma cidade que não para.
Obrigado. (Palmas)

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Convidamos para a sua saudação a Sra. Ana Flávia Marx, Diretora do Sindicato de Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo.

A SRA. ANA FLÁVIA MARX - Boa noite a todos e todas. Boa noite à Mesa.
Todo mundo veio aqui e falou da diversidade que é São Paulo, de fato, a gente encontra vários pratos em São Paulo. Quando recebo amigos de fora, eu pergunto o que eles querem comer porque aqui tem opção para todos os gostos, mas eu queria lembrar que a gente não teria essa diversidade se não fossem os trabalhadores. A gente não teria tantas opções de pratos japoneses, se a gente não tivesse recebido um fluxo imigratório de japoneses. A gente não teria tanta riqueza na culinária italiana, se a gente não tivesse recebido aqui na nossa cidade os italianos que vieram trabalhar num segundo ciclo imigratório. Estou dizendo isso porque é fundamental a gente reconhecer o papel do jornalista, esse trabalhador que às vezes não sabe se é trabalho material ou imaterial, mas esse trabalhador que faz com que o jornalismo seja ainda uma ferramenta relevante.
A gente não pode se esquecer de que o jornalista fez essas matérias. E foi muito saboroso fazer parte da Comissão Julgadora por isso, porque as pessoas falam que o jornalismo não é mais importante e a gente está aqui hoje premiando jornalistas. Um tempo em que as pessoas falam que tudo é mídia social e a gente está aqui hoje reafirmando que o jornalismo tem um papel a cumprir na sociedade. Um papel a cumprir divulgando a culinária e a gastronomia paulistana, mas um papel também a cumprir para nossa democracia. Isso é muito importante e não a gente não pode se esquecer do papel tanto do profissional do jornalismo, quanto o papel do jornalista.
E foi muito saboroso porque em vez de a gente se deter às imagens, que eram todas muito bonitas, muito coloridas, que demonstravam o carinho do fazer e do cozer paulistano, foi muito saboroso perceber que a gente ainda tem, na cidade de São Paulo, profissionais que não confundem publicidade com jornalismo. Profissionais que queriam demonstrar fatos, que queriam narrar experiências e que queriam contar histórias, através da caneta. Hoje é a caneta, é o computador, é o celular.
Quero encerrar dizendo que o jornalismo é importante não só aqui para este prêmio, mas para a sociedade, porque a gente deve sempre defender a liberdade de expressão desses jornalistas, a gente sempre deve defender esses profissionais que são tão importantes. São eles que constroem o jornalismo como um pilar fundamental na nossa democracia e quero dizer que todos vocês estão de parabéns, tanto os trabalhos acadêmicos como os trabalhos de imagens, trabalhos escritos. Foram muito bem elaborados e por isso vocês estão aqui.
Parabéns aos profissionais de jornalismo. Parabéns para vocês, para nós. É a categoria que constrói o jornalismo. E viva a liberdade de expressão, que é a gente estará aqui resistindo para defendê-la.
Obrigada. (Palmas)

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Convidamos agora para o seu pronunciamento o Vice-Presidente da Arjob, Associação dos Jornais e Revistas de Bairro de São Paulo, Sr. Wagner Farias.

O SR. WAGNER FARIAS - Boa noite. Quero parabenizar todos os participantes da Mesa e ressaltar o que a nossa colega acabou de falar - que é o que eu vejo de mais importante também: não importa hoje o meio, se é digital, se é impresso, se é áudio, se é vídeo, o que importa é o conteúdo. O que vocês fazem é o que movimenta, é o que cria essa expectativa de conhecer a gastronomia. Se vou conhecer um restaurante italiano ou se é francês. É muito bonito o trabalho de vocês, eu acompanho de perto por meio dos jornais regionais.
Queria que continuasse assim e creio que essa importância que a gente está dando, a gente teve o carinho de ler cada um dos materiais e foi muito trabalho, muito material bonito, muito difícil votar e está todo mundo de parabéns. Queria só agradecer essa oportunidade de estar aqui com vocês.
Muito obrigado. (Palmas)

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Na sequência ouviremos as palavras da Presidente da Abrajet, Associação Brasileira de Jornalistas e Escritores de Turismo, Sra. Miriam Petrone, se me permite reduzir, é um nome de rainha: Miriam Edelira da Costa e Silva Baptista Petrone.

A SRA. MIRIAM EDELIRA DA COSTA E SILVA PETRONE - Nomenclaturando a Mesa, eu cumprimento todos, todas as autoridades presentes, em nome do Vereador Senival Moura, que está nos recepcionando esta noite; as entidades presentes, na pessoa do Professor Celso Santos; e toda a Imprensa, na pessoa de João Batista, o JB, que eu acho que todos conhecem. Cumprimento todos os inscritos.
Eu quero falar da importância dessa premiação, que nos dá a alegria de estar aqui. Creio que muitos dos inscritos estão há mais de quatro ou cinco anos e me permitam fazer um aparte: quando a Abrajet iniciou os trabalhos da Comissão Julgadora, nós víamos essa mesa praticamente vazia; víamos entidades, que já fizeram parte, distantes; nós víamos autoridades e víamos pessoas que poderiam estar aqui somando.
Foi num dos meus discursos que eu instiguei, inclusive aos senhores inscritos, que no próximo ano trouxessem pelo menos duas pessoas com vocês para estarem prestigiando o prêmio, para estarem prestigiando o que vocês iriam receber e da maneira que iriam receber e das mãos que iriam receber. Vejo com bastante alegria que hoje nós temos todas as autoridades aqui de cada setor que está inscrito na Comissão Julgadora e de cada setor que faz parte e que teria que realmente estar aí. Vocês estão ocupando um espaço onde com tristeza eu olhava, discursava, mas queria colocá-los para que viessem prestigiar, não somente as pessoas, mas os inscritos porque eles merecem. São pessoas que se dedicam.
A jornalista falou muito bem. Muito obrigada por defender a nossa classe, por defendê-los tão eloquentemente porque a maneira como ela falou até me surpreendeu. Muitas vezes quando estamos aqui discursando nos esquecemos dos profissionais que somos. Esquecemo-nos dos profissionais que trabalharam no ano todo para nos dar todo esse material, que vai ficar futuramente agregado a nós.
Agradeço a cada um de vocês que contribuiu, estando aqui, trazendo seus trabalhos para enriquecer São Paulo, que é uma explosão de sabores, de especiarias, de condimentos, que abriga não somente a cozinha regional, como o professor Celso mesmo falou, é uma cozinha mundialmente conhecida. Ele citou que nós podemos sair a qualquer hora para jantar, inclusive eu trouxe até escrito e não estou lendo, porque eu achei pertinente dar ênfase ao que os outros falaram. Você pode sair às 3h da manhã e procurar uma buchada de bode e você realmente encontra. Lembro-me de quando recebi um amigo sergipano uma vez que falou - acho que eram umas 2h da manhã e estávamos saindo de uma danceteria -: “Poderia me deixar muito feliz se eu encontrasse aqui em São Paulo uma buchada de bode.” E qual foi a minha surpresa: realmente nós encontramos.
Então, São Paulo é tudo. São Paulo é tudo de bom, tem uma gastronomia rica, que recebe muito bem todos aqueles que vêm a contribuir com uma gastronomia perfeita, eu digo perfeita mesmo, e os senhores são as grandes estrelas desta noite.
Parabéns a todos. Aquele que não for premiado, não desista no ano que vem, continue insistindo, continue vindo. Continue enriquecendo esse Prêmio para que, no ano que vem, tenhamos mais e mais pessoas.
Muito obrigada por me ouvirem e boa noite! (Palmas)

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Neste momento, ouviremos as palavras do Presidente da SPTuris - São Paulo Turismo, Sr. André Sanches.

O SR. ANDRÉ SANCHES - Boa noite. Para mim é uma gratidão, uma honra estar aqui nesta Casa representando a São Paulo Turismo, enquanto Presidente e enquanto uma pessoa que teve negócio próprio, que teve um restaurante japonês, que montou uma hamburgueria. Logo, me sinto honrado porque conheço a cadeia produtiva da gastronomia e uma das minhas paixões é, de fato, encontrar nesta Cidade qualquer item gastronômico, seja comida ou bebida, aberto e com qualquer característica.
Os imigrantes que vieram para nossa Cidade trouxeram nas suas bagagens muitos temperos e o que me atrai muito aqui em São Paulo é essa variedade. Temos mais de 50, quase 60, tipos de cozinha, mas a combinação entre elas é infinita. São Paulo se destaca em qualquer cidade do mundo, não que eu tenha visitado muitas, mas, de fato, é algo a ser muito valorizado.
Eu sou muito provocativo, então vou começar fazendo uma provocação aqui. Quem de vocês está ansioso pelo Prêmio pode levantar a mão, só para eu ter uma ideia? Acho que é pouco. Vamos levantar a mão só para eu contar. Quem não está ansioso levanta a mão? Eu gravei aqui e depois a gente conversa. Está dando fome, então eu vou ser breve no discurso para a gente chegar à nomeação. Os trabalhos realmente estão fantásticos, é difícil para a Comissão, para a Mesa, chegar a um consenso, mas foi um privilégio acompanhar o trabalho de vocês.
Conforme alguns dados, temos o Observatório do Turismo dentro da São Paulo Turismo, a gastronomia já está entre as três principais atividades dos turistas aqui na Capital. Então é um dos principais motivos da sua visitação. São Paulo tem mais de 20 mil restaurantes, 30 mil bares, então são itens que realmente trazem essas pessoas para cá e por isso a importância do Turismo, trabalhando junto com o Júnior e o Orlando, dentro da Secretaria Municipal, que acabam alavancando o turismo gastronômico.
Não vou me alongar muito, mas, em nome da SPTuris, quero agradecer a todos os ((GRIFO))cases inscritos, o trabalho dos jornalistas também, a mídia, os canais de divulgação. Acho que é muito importante esse trabalho e que a gente continue porque há muitas oportunidades que não estão sendo divulgadas, então esse trabalho é muito importante.
Daqui a pouco a gente vai acabar com ansiedade de vocês. Uma ótima noite e um ótimo evento para nós.
Obrigado. (Palmas)

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Para quem não teve a oportunidade de pegar logo na entrada, está disponível na saída um caderno com todos os trabalhos inscritos nessa 21ª edição do Troféu São Paulo Capital Mundial da Gastronomia e, através desse caderno e desse guia, vocês podem ler e ver na íntegra os trabalhos, de acordo com cada endereço eletrônico, que cada um deles nos encaminhou.
Convidamos para o seu pronunciamento o Secretário Municipal Adjunto de Turismo, Sr. Júnior Fagotti.

O SR. JÚNIOR FAGOTTI - Boa noite a todos. Quero cumprimentar todos da Mesa, em nome do Vereador Senival Moura, e parabenizar esta Casa por essa iniciativa, desde 1997, em nome da Vereadora Aline e do Vereador Senival. É uma iniciativa que engrandece e traz em destaque esse tema tão importante para São Paulo, que é a gastronomia.
Também tinha preparado uma pequena fala, mas cada um, em parte, falou um pouquinho dela. Então, eu vou falar mais da parte da nossa Secretaria, que é a nova Secretaria de Turismo. Ela foi uma criação já no Governo Bruno Covas. Estou aqui representando o Secretário Orlando Faria, o primeiro Secretário de Turismo de São Paulo.
Esse trabalho que os jornalistas fazem com a gastronomia de São Paulo é de fundamental importância para o Turismo, do Município. São Paulo, como todos disseram, é uma Cidade do mundo, que tem esse destaque na gastronomia. E agora, na Secretaria, pretendemos apoiar muito as iniciativas da gastronomia e contamos muito com o trabalho dos jornalistas, que dão destaque para isso. Quase todo final de semana, eu gosto de ficar olhando para ver o que tem na Cidade e o que está em destaque. Sempre há uma matéria de destaque da culinária paulistana.
Quero parabenizá-los e agradecer ao Sr. Paulo pelo convite. É a primeira vez que a Secretaria participa, por ser tão nova assim, tão recente. Quero mesmo agradecer, parabenizar e desejar boa sorte a todos os competidores, a todo mundo que está participando do prêmio.
Muito obrigado. (Palmas)

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Eu vou quebrar o protocolo um pouquinho e dizer que, na verdade, nós todos somos honrados com o relançamento da Secretaria de Turismo na Cidade. Acho que todos aqui presentes concordamos, especialmente a mídia, de que estava faltando esse segmento presente. Então, leve os nossos cumprimentos, por favor, ao Sr. Secretário. (Palmas)
Vamos ouvir as palavras de uma Secretária, que tem batalhado muito pelos segmentos de Turismo, inclusive, e de Desenvolvimento Econômico, Sra. Aline Cardoso.

A SRA. ALINE CARDOSO - Boa noite a todos e a todas. Quero cumprimentar todos os presentes, especialmente nossos colegas Vereadores, tanto o Vereador Senival Moura, que está aqui, como também toda a Comissão, que é aquela que encabeça, ao lado dos Parlamentares, este prêmio. Cumprimento os colegas do Executivo, como o Sr. Júnior. Mando um abraço para os Srs. Orlando e André. Quero fazer menção ao Deputado Goulart, que esteve aqui e é o criador do prêmio. Tanto o Deputado como o filho, Vereador Rodrigo Goulart, são defensores do setor, também. Quero cumprimentar as Sras. Miriam e Ana Flávia, bem como os Srs. Virgílio, Celso e Wagner, que estão aí, na Mesa, que estão na organização. Parabenizo a GCM pela brilhante apresentação, que eu adorei. Cumprimento todos os jurados e, principalmente, os profissionais da comunicação e os profissionais da gastronomia que estão aqui hoje, que são a razão de ser da nossa noite, assim como as entidades presentes, que são muitas e eu não vou citá-las, mas estão aqui representando as suas categorias.
Quero, também, quebrar um pouco o protocolo e fazer uma menção especial. Paulo, venha aqui que eu vou pedir uma salva de palmas para você e para toda a equipe da Câmara Municipal. (Palmas)
Eu também sou Vereadora, para quem não sabe. São 55 Vereadores e dependemos muito desse pessoal. Eles ficam nos bastidores, escondidinhos, ali. Vocês viram? Porém, temos de tirá-los das sombras e fazer com que eles apareçam. Não é, Vereador Senival Moura? Eles são responsáveis por muitas coisas boas que fazemos aqui. Por isso, muito obrigada. Parabéns a vocês. Quando eu voltar, cuidem de mim, também. Está bem?
Eu ouvi algumas palavras interessantes, quer dizer, muitas, todas, mas eu quero ressaltar algumas sobre o jornalismo, que, inclusive, não é a minha profissão. Não é minha especialidade falar sobre jornalistas, mas eu ouvi algumas coisas e gostaria de repetir.
Primeiramente quero dizer para a Miriam que se estava procurando autoridades interessadas no tema, achou. Eu sou, como o Paulo disse, uma grande entusiasta do Turismo, da Gastronomia, em especial, e desse tipo de iniciativa. Há uma coisa curiosa, Miriam: quando eu cheguei à Câmara, como Vereadora, eu pedi para a minha equipe me ajudar a entender algumas coisas que aconteciam na Câmara e que não eram tão conhecidas. E uma das coisas que achamos e pela qual eu me interessei muito foi o prêmio. Porém, não deu tempo de eu estar aqui, no prêmio do ano passado, porque eu acabei sendo levada para o Executivo. Entretanto, pode contar comigo como Secretária e na minha volta como Vereadora, porque eu realmente admiro muito e apoio esse tipo de iniciativa.
Quero dizer para a Ana Flávia que foi muito oportuna a sua fala sobre a mudança do setor, da atividade profissional dos jornalistas, da Imprensa como um todo. Eu estou muito atenta a essas mudanças, porque, na nossa Secretaria, que se chamava “Trabalho e Empreendedorismo” e hoje se chama “Desenvolvimento Econômico”, nós falamos muito sobre o futuro do trabalho e sobre as transformações que afetam a atividade econômica, o trabalho e a geração de renda. Uma das profissões que sabemos estar mudando muito e exigindo muitas adaptações dos profissionais é o setor de comunicação como um todo, mas, especialmente, o jornalismo. Admiro muito os profissionais que conseguem lidar com essas transformações.
Falamos muito isso para os jovens, quando eu dou palestras e falo para as pessoas que estão aí, escolhendo o seu rumo. Falo que as profissões ainda vão mudar muito e que uma das principais habilidades que o profissional tem de ter hoje, mais até do que o ((GRIFO))hard skill, que é o conhecimento técnico, é o ((GRIFO))soft skill, que é a capacidade de se adaptar, de ter inteligência emocional, as habilidades socioemocionais. E jornalista tem de ter, muito, isso.
Então, ficam aqui registrados a minha admiração e o meu testemunho de que, fazendo um jogo de palavras, são vocês, jornalistas, que dão sabor às notícias. Ficam aqui registrados, para quem ganhar e para quem não ganhar, o meu reconhecimento e a minha admiração ao trabalho de vocês.
Falando rapidamente sobre o que temos feito, como foi dito, nós transformamos a Secretaria, que era de Trabalho e Empreendedorismo, na Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Isso faz parte de uma visão estratégica do Prefeito Bruno Covas, do norte que quer dar à Cidade. Esse norte fica refletido na criação da Secretaria de Turismo, pela qual eu também o parabenizo, porque eu acho que é muito importante para a cidade de São Paulo ter um órgão formulador e implementador da política pública do setor, e na transformação da nossa Secretaria em Secretaria de Desenvolvimento Econômico. São dois movimentos que estão muito pareados e são muito coerentes, juntos. É pensar, planejar, estruturar e agir, para uma Cidade, não só de hoje, mas para uma Cidade dos próximos anos.
Melhor do que eu, vocês sabem o quanto o Turismo é importante e estruturante nas economias de muitos países - inclusive, países que, para falar a verdade, têm bem menos atributos turísticos do que o Brasil. O Brasil, que tem tanta riqueza, às vezes não sabe valorizar e promover as suas maravilhas da maneira que deveria. Então, nós entendemos que o Turismo e a Gastronomia são setores estruturantes da política de Desenvolvimento Econômico de uma sociedade e o Prefeito tem materializado isso no apoio que dá às nossas Secretarias.
Foi lançado, recentemente, no dia 16 de outubro, que é o Dia Mundial da Alimentação, o Observatório da Gastronomia. A razão pela qual nós criamos esse observatório é justamente por entender a importância da cadeia gastronômica na cidade de São Paulo. Falamos em gastronomia, mas, na verdade, é toda a cadeia de alimentação e gastronomia. No observatório, nós estudamos, analisamos e propomos políticas públicas, desde a Agricultura - porque nós temos um setor de Agricultura no Município de São Paulo muito forte, principalmente em Parelheiros - até a alta gastronomia, que está na outra ponta, mas que é bem menor em quantidade. Nós passamos por toda a cadeia, incluindo qualificação, ((GRIFO))food service, a gastronomia que não é tão elitizada - mas que faz com que, no dia a dia, nos alimentemos -, distribuição, a própria área de equipamentos, enfim, tudo o que está incluso nessa cadeia tão importante. Então, eu quero deixar isso registrado para vocês.
É um setor que emprega centenas de milhares de pessoas na nossa Cidade e nós entendemos que a gastronomia também é uma ferramenta de inclusão social, de desenvolvimento, não só econômico, mas social e humano. É por isso que nesse observatório nós criamos vários comitês e nós estamos analisando isso. Hoje mesmo, de manhã, nós tivemos uma oficina com a apresentação de dados pelo DIEESE. Então, temos estruturado uma série de ações para o desenvolvimento dessa cadeia.
Quero deixar registrada aqui, principalmente para os profissionais da comunicação no setor, a possibilidade de dialogar conosco sobre esse assunto. Eu trouxe à minha Secretaria dois profissionais do setor de vocês para trabalhar comigo na implementação do observatório, que vocês devem conhecer. São a Guta Chaves, que é uma parceira desse prêmio, uma pessoa que muitas vezes esteve aqui, jornalista na área de gastronomia, e o André Boccato, que atua também no setor editorial e na parte de fotografia de gastronomia, etc. e tal. Então, a Guta e o André, junto com o time, estão conosco nesse observatório.
Gostaria muito de ter mais contato com os profissionais de comunicação do setor. Que possamos falar sobre isso para vocês, mas que possamos também ouvir vocês. Então, vocês podem nos procurar na Secretaria ou nos canais institucionais - ou procurar o André ou a Guta. Para quem já quiser anotar, nós temos um ((GRIFO))e-mail, que é: observatoriodagastronomia@prefeitura.sp.gov.br. E a Sol, que está ali, tirando uma foto neste momento, é nossa profissional de comunicação, também, e pode falar com vocês, depois, para que possamos fazer mais parcerias, ao comunicar sobre a gastronomia do Município de São Paulo.
Sucesso a todos! Mesmo quem eventualmente não levar o prêmio já é vencedor por chegar até aqui. Muito obrigada pela atenção. Um abraço! (Palmas)

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Também há o canal de eventos, aqui, da Câmara. Podemos, também, encaminhar os contatos e as necessidades eventuais para a Secretaria e para a Sra. Secretária.
Vamos ouvir, agora, as palavras do Presidente da Comissão Permanente de Trânsito, Transporte, Atividade Econômica, Turismo, Lazer e Gastronomia da Câmara Municipal de São Paulo, que é o Presidente desta sessão solene, Vereador Senival Moura. (Palmas)

O SR. PRESIDENTE (Senival Moura - PT) - Pessoal, muito boa noite. Eu acho que depois da Vereadora e Secretária Aline Cardoso, não resta mais nada que eu possa acrescentar. Ela já disse tudo.
Só quero dizer para vocês que é uma honra para a Câmara Municipal de São Paulo recepcioná-los no dia de hoje, para fazer a entrega do 21º Prêmio São Paulo - Capital Mundial da Gastronomia. Eu tenho certeza de que todos os Vereadores que participam da douta Comissão estão lisonjeados por mais este dia, por mais este prêmio. Já fizemos isto em outras oportunidades. Já vieram outros Vereadores fazer a entrega. Eu, por exemplo, já participei de outras edições.
Acredito que o maior desafio seja justamente para a Comissão Julgadora. Deve ser um problema danado para a comissão, que tem de participar, tem de degustar, tem de avaliar, tem de estar muito atenta, porque a concorrência é muito grande. Muitos querem ser o primeiro, querem estar em primeiro lugar. Tenho certeza de que o desafio e a responsabilidade são muito grandes.
Então, quero parabenizar todos os profissionais que estão envolvidos nesse segmento, os jornalistas, os fotógrafos, o pessoal que faz todo esse papel de dar publicidade para tudo isso. Quero parabenizar todos vocês e dizer, mais uma vez, que a Câmara e os Vereadores se sentem honrados por tudo isto. Estamos à disposição, para continuarmos cada vez mais fazendo isto com melhor qualidade - e registrar, também. Viu, Alê? Eu já participei algumas vezes e garanto. Viu, Paulo?
Acho que é a primeira vez que eu vejo este auditório, aqui, repleto, da forma como está hoje. Então, parabéns a todos vocês, todos os atores que trabalharam. Acho que foi fundamental a publicidade que vocês deram e o esforço. O resultado é este: lotado no dia de hoje.
Parabéns para todos vocês e muito obrigado. (Palmas)

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Agora, eu acho que chegamos, finalmente, à parte que todo mundo está esperando faz tempo, desde que começamos: o grande momento em que faremos a entrega das placas de homenagem e Salvas de Prata aos finalistas do 21º Troféu São Paulo - Capital Mundial da Gastronomia. Informamos que a Comissão Julgadora deliberou em algumas categorias a entrega de menções honrosas, que passaremos a anunciar na sequência, assim que a Mesa se posicionar à frente. Por favor, vamos dar início.
A primeira menção honrosa que vamos anunciar está na Categoria II - Reportagem publicada em revista editada no Brasil. ((GRIFO))Cozinha mais verde: o crescimento do veganismo está mexendo com o mercado gastronômico. Cintia Oliveira, ((GRIFO))Revista Menu - Edição 225.

- Entrega de homenagem, sob aplausos.

MESTRE DE CERIMÔNIAS - A segunda menção honrosa é da Categoria II - Reportagem publicada em revista editada no Brasil. ((GRIFO))Alimentando o mundo. Pedro Marques, Revista Menu - Edição 222.

- Entrega de homenagem, sob aplausos.

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Categoria IV - Reportagem difundida por emissora de televisão. ((GRIFO))Mitos e verdades sobre o café. Carolini Almeida, Cassia de Mello, Aline Nascimento, Camila Busnello e Thatiana Brasil, ((GRIFO))Domingo Espetacular - Record TV.

- Entrega de homenagem, sob aplausos.

Na sequência, ainda Categoria IV - Reportagem difundida por emissora de televisão. ((GRIFO))Mercadão de São Paulo: sabores, temperos e histórias. Renata Maron, ((GRIFO))Bem da Terra - Grupo Bandeirantes de Comunicação.

- Entrega de homenagem, sob aplausos.

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Categoria V - Reportagem escrita difundida pela internet. ((GRIFO))Sobá: de Campo Grande para São Paulo. Henrique Minatogawa, ((GRIFO))Revista Hashitag.

- Entrega de homenagem, sob aplausos.

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Lembramos todos de que um dos profissionais da área de registros fotográficos, o nosso repórter fotográfico, está fazendo todos estes registros. Encaminharemos as fotos, nesta semana, a todos.
Na sequência, Categoria V - Reportagem escrita difundida pela Internet. ((GRIFO))Uma Cidade de todos os gostos: a influência imigrante na Gastronomia de São Paulo. Abrahão de Oliveira, ((GRIFO))SP in Foco.

- Entrega de homenagem, sob aplausos.

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Seguindo com a entrega, Categoria V - Reportagem escrita difundida pela Internet. ((GRIFO))Mais São Paulo, o verdadeiro turismo para os paulistanos. Luís Guilherme Zenga - ((GRIFO))Conceito de Luxo.

- Entrega da homenagem, sob aplausos.

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Categoria VI - Reportagem em formato vídeo difundida pela internet. ((GRIFO))Pizza: Uma História Contada em Pedaços. Bruno Nascimento, Bruno Vinícius, Caio Pomin, Diego Lucato, Felipe Paiva, Lucas Oliveira, Maurício Moreno. Orientador: Prof. Fernando Carlos Moura, Universidade Anhembi Morumbi.

- Entrega de homenagem, sob aplausos.

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Categoria VI - Reportagem em formato de vídeo difundida pela Internet. ((GRIFO))Giro na Padaria 14 de Julho. Raquel Auzier Ferreira. ((GRIFO))Programa Giro da Gastronomia.

- Entrega de homenagem, sob aplausos.

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Categoria VIII - Foto publicada em jornal, revista ou mídia eletrônica - ((GRIFO))Missô Tonkotsu Lámen, do Hirá Ramen Izakaya. Rogério Voltan. ((GRIFO))Revista Menu.

- Entrega de homenagem sob aplausos.

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Categoria VIII - Foto publicada em jornal, revista ou mídia eletrônica. ((GRIFO))Receitas Simples. Daniel Ozana - Studio OZ. ((GRIFO))Revista Expresso - Café, Gastronomia e Viver Bem.

- Entrega de homenagem, sob aplausos.

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Categoria IX - Guia impresso ou eletrônico. ((GRIFO))Revista Guia Delivery - Edição 33. Guia Delivery.

- Entrega de homenagem, sob aplausos.

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Categoria XI - Revista de gastronomia de São Paulo. ((GRIFO))Revista Hashitag #24. Editora JBC.

- Entrega de homenagem, sob aplausos.

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Categoria XI - Revista de gastronomia de São Paulo. ((GRIFO))Revista Expresso - Edição 60 - Especial 15 anos - Café 2.0. Mariana Proença, Caio Alonso, Marcos Haddad, Marcelo Furquim, Giulianna Lannaco, Gabriela Kaneto.

- Entrega de homenagem, sob aplausos.

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Categoria XII - Trabalho acadêmico sobre a Gastronomia na cidade. ((GRIFO))História e aspectos culturais da culinária imigrante armênia e sua identidade cultural. José Augusto de Abreu Nascimento, Orientador: José Carlos Pirozi Soldi. Grupo Educacional HOTEC.

- Entrega de homenagem, sob aplausos.

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Categoria XII - Trabalho acadêmico sobre a Gastronomia na cidade. ((GRIFO))A representatividade da cozinha asiática na Cidade de São Paulo: breve mapeamento. Andrei Semensato Caldas, Gabriel Rodrigues Marques, Robson Francisco - Orientadora: Prof. Mestra Camila de Meirelles Landi. Universidade Presbiteriana Mackenzie. - Curso de Tecnologia em Gastronomia.

- Entrega de homenagem, sob aplausos.

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Categoria XII - Trabalho acadêmico sobre a Gastronomia na cidade. ((GRIFO))Gastronomia Japonesa em São Paulo. Damaris Rita da Costa, Gabriella Garabetti Munhoz, Sebastiana Quitéria Campos. Orientadores: Prof. Mestre Edson Luís Soares Dias; Prof. Esp. Felipe Silva Campo; Prof. Esp. Michel dos Reis da Silva e Profa. Roseli Rodrigues Ferreira Ribeiro. Faculdade Paschoal Dantas.

-Entrega de homenagem, sob aplausos.

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Neste momento anunciaremos os vencedores do 21º Troféu São Paulo Capital Mundial da Gastronomia. Cada vencedor receberá a Salva de Prata em reconhecimento público.
Categoria I - Reportagem publicada em jornal editado no Brasil. ((GRIFO))Hospedaria. Germano Augusto. Jornal Classe A de São Paulo.

- Entrega de homenagem, sob aplausos.

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Categoria II - Reportagem publicada em revista editada no Brasil.. ((GRIFO))O Café brasileiro e as cafeterias orientais Karin Kimura. Revista Hashitag.

- Entrega de homenagem, sob aplausos.

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Categoria III - Reportagem difundida por emissora de rádio. ((GRIFO))Festival de inverno com Jazz e Fondue. Carina Brito, Fernanda Giacomassi, Luciano Maluly, Nara S. Silva, Letícia Fuentes, Mariana Mallet, Vinícius Bernardes, Vinícius Sayão. Rádio USP 93.7 FM.

-Entrega de homenagem, sob aplausos.

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Categoria IV - Reportagem difundida por emissora de televisão. ((GRIFO))Fotografia de gastronomia feita em estúdio. Anna Lucchese, Gabriela Sartorato, Gabriela Bueno, Julia Zayas, Victor Muniz. Faculdade Cásper Libero - Produtora Experimental Audiovisual/ TV Gazeta.

-Entrega de homenagem, sob aplausos.

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Categoria V - Reportagem escrita e difundida pela internet. ((GRIFO))Mandioca Cozinha: Chef Madu Melo apresenta as multifacetas da tão brasileira mandioca. Glaucia Balbachan. Site Empratado.

- Entrega de homenagem, sob aplausos.

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Categoria VI - Reportagem em formato de vídeo difundida pela internet. ((GRIFO))Comida de rua São Paulo. Samuel Alexandre. Ponto 55.

- Entrega de homenagem, sob aplausos.

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Categoria VIII - Foto publicada em jornal, revista ou na mídia eletrônica. ((GRIFO))Um pouco do Japão na Itália. Hélder Alves dos Santos. Facebook.

- Entrega de homenagem, sob aplausos.

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Categoria IX - Guia impresso ou eletrônico. ((GRIFO))Prato Firmeza - Guia Gastronômico das Quebradas de São Paulo - Volume 2. Eduardo Araújo, Glória Maria, Jeferson Delgado, Jonathas Carvalho, Kelayne Santos, Kemilly Matos, Mel Oyá, Paulo Victor Ribeiro, Raphael Guimarães, Thaís Marques. ((GRIFO))Énois Inteligência Jovem.

- Entrega de homenagem, sob aplausos.

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Categoria X - Programa de televisão especializado em gastronomia. ((GRIFO))Giro no Festival de Tempurá e Yakissoba no Memorial da América Latina. Raquel Auzier Ferreira. ((GRIFO))Giro da Gastronomia.

- Entrega de homenagem, sob aplausos.

A SRA. RAQUEL AUZIER - Esse prêmio não é meu. É do meu Deus, porque eu sou apenas um instrumento Dele. Esse prêmio é Dele, não meu! Mas o dedico ao meu diretor. Se não fosse o diretor eu não estaria aqui. Ao Programa Giro da Gastronomia, estamos há oito anos no ar, são mais de 500 restaurantes visitados. Estou muito feliz em receber esse prêmio.
Agradeço a todos os jurados. Muito obrigada por acreditar no Programa Giro da Gastronomia, por dar um giro pelos restaurantes de São Paulo, e mostrar que São Paulo é a Capital Mundial da Gastronomia, sim. Eu assino embaixo, digo isso: Estou muito feliz de receber. Dedico ao meu público, programa da TV aberta, Canal Youtube.
Dedico à minha família, a Gonçalves; ao Sakai que me ajudou a fazer esse programa, à TV aberta de São Paulo, aos jurados que fizeram a gente chegar até aqui. Muito obrigada aos patrocinadores, à faculdade Hotec. Enfim, a Deus toda honra, e toda Gloria. Muito obrigada, Senhor!

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Categoria XI - Revista de gastronomia. ((GRIFO))A onda dos defumados - Edição 225, Revista Menu.

- Entrega de homenagem, sob aplausos.

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Categoria XII - Trabalho Acadêmico. ((GRIFO))Imigração Oriental na Cidade de São Paulo. Andressa Carolina Taveiro Alves, Clóvis Sanchez, Gesiê Castro Lima. Universidade Presbiteriana Mackenzie. Camila de Meirelles Landi.

- Entrega de homenagem, sob aplausos.

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Convidamos a todos os premiados para que se dirijam à frente, para foto oficial.

- Foto oficial.

MESTRE DE CERIMÔNIAS - Para o encerramento oficial, anunciamos as palavras do Vereador Senival Moura.

O SR. PRESIDENTE (Senival Moura - PT) - Nada mais havendo a ser tratado, declaro encerrados os trabalhos.
Estão encerrados os trabalhos.