2019/02/17/522

Data:
17/02/2019
Secretaria:
CULTURA
Orgão:
COORDENADORIA DO SISTEMA MUNICIPAL DE BIBLIOTECAS
Tipo de Conteúdo:
DESPACHO
Texto:


Ata da 49ª Reunião Ordinária da Comissão de Gestão de Obras e Monumentos Artísticos em Espaços Públicos
A Comissão de Gestão de Obras e Monumentos Artísticos em Espaços Públicos realizou, no dia 11 de Fevereiro de 2019, sua 49ª reunião, com início às quinze horas, nas dependências do Departamento de Patrimônio Histórico da Secretaria Municipal de Cultura, situada na Rua Líbero Badaró, 350, 11º andar, sob a Presidência da titular Alice de Almeida Américo, e com a presença dos seguintes integrantes: Marco Antonio Cilento Winther e Mauricio Rafael, representantes do DPH e Matheus Franco da Rosa Lopes, assistente técnico do DPH, como convidado. Foi dado início à pauta, com a apresentação de informes gerais. Alice informou sobre a proposta da Giselle Beiguelman de realizar a exposição “Monumento Nenhum” no Beco do Pinto, com a instalação de alguns fragmentos e esculturas que estão no Depósito do DPH. Posteriormente, comentou sobre a conclusão das obras de restauro do grupo escultórico Ubirajara, os dois fragmentos do Monumento a Olavo Bilac (Pátria e Família e O Escoteiro) e a revitalização da obra “Drusa”. Na sequência a Comissão prosseguiu com a leitura, discussão e decisão dos seguintes documentos:
 
1. Processo SEI 6025.2018/0019824-0 – Solicitação de autorização para participação do Programa “Adote uma Obra Artística” para restauro e manutenção da estátua “Aurora”. Interessado: Colégio Poly Master.
Trata o presente de interesse em adotar a obra “Aurora” de autoria do escultor Mathurin Moreau, localizada na Praça Coronel Lisboa, no bairro de Santo Amaro. A obra será adotada pelo Colégio Poly Master.
A proposta é adotar a estátua durante o período de 3 anos, dos quais os primeiros 66 dias seriam dedicados ao restauro da obra, e o restante seria dedicado a manutenção da obra. Na proposta está incluso a mudança de local da obra dentro da própria praça.
A Comissão não se opôs a realização da manutenção e restauro da “Aurora”, entretanto solicita que seja realizado o projeto do pedestal, mostrando detalhadamente a fixação da obra no pedestal, a sua fundação, e o responsável técnico por este serviço. Além disso, solicita um detalhamento do memorial descritivo. Para atendimento das solicitações, a Comissão sugere que seja agendada uma reunião com o Núcleo de Monumentos e Obras Artísticas que poderá esclarecer e orientar sobre os procedimentos.
A respeito da mudança de local da obra, a Comissão não se opôs visto que o novo local é na mesma praça e permite uma melhor visualização e consequente valorização da obra.
 
2. Processo SEI nº 6025.2019/0000276-3 – Solicitação de autorização para a instalação da obra “Ampliação do Troféu do Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos” na Praça Vladimir Herzog, que será doada à prefeitura. Interessado: Instituto Vladimir Herzog.
Trata o presente de doação da obra “Ampliação do Troféu do Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos” do artista Elifas Andreato.
Segundo Andreato, a obra aqui proposta está contemplada no plano de revitalização da Praça Vladimir Herzog, localizada no bairro da Bela Vista, que foi iniciativa da Câmara Municipal de São Paulo. O intuito da implantação da nova escultura é concluir o projeto do Memorial Vladimir Herzog, que iniciou em 2013, e contou com a instalação do mosaico “25 de Outubro” e a implantação da escultura “Vlado Vitorioso”, ambas de autoria de Andreato. 
A “Ampliação do Troféu do Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos” foi contemplada na assinatura de um dos termos de fomento da Secretaria Municipal de Cultura, e será executada em alumínio fundido, com as seguintes dimensões: 1,5m x 1m x 0,37m. A fixação da obra será na base de concreto armado revestida de granito preto de 1m x 1m já existente na Praça.
A Comissão não se opôs a implantação da escultura no pedestal existente, mas sugere que seja realizado o alinhamento do pedestal com o canteiro, e que a face frontal da escultura esteja voltada para o passeio, de modo a facilitar a apreciação da obra pela população.
 
Nada mais havendo para ser discutido, a reunião foi encerrada às 15h45.
 
Alice de Almeida Américo                        
Presidente – DPH, Núcleo de Monumentos e Obras Artísticas
 
Marco Antonio Cilento Winther               
Titular – DPH, Supervisor de Salvaguarda                   
 
Mauricio Rafael                                      
Titular – DPH, Museu da Cidade de São Paulo